O curioso caso de Benjamin Graham

Não, não estamos falando do filme do velhinho que volta a ser criança, apesar de ser uma recomendação para um de seus domingos. Estamos falando de um investidor profissional e autor da obra que influenciou o maior investidor do mundo – o oráculo Warren Buffett – que provavelmente está tomando uma lata de coca-cola neste momento. Apresento-lhes Benjamin Graham.

Após de formar em Columbia e trabalhar em Wall Street, publicou um livro chamado Security Analysis, diferenciando claramente investimento de especulação. Saber tal diferença é crucial para qualquer investidor fundamentalista ou trader bem informado.

investimento é uma operação que oferece grande segurança de retorno. Um estudo e análise completa do ativo que está investindo costuma informar tal segurança, a não ser que um cisne negro, evento improvável e sem previsão, aconteça – e tais eventos acontecem. Tudo o que foge dessa margem de segurança é especulação.

Logo após a reeleição da Dilma, no começo de 2015, fontes controversas da internet noticiaram que o mais filho da puta dos investidores George Soros, famoso por financiar movimentos da esquerda global, havia comprado bilhões em ações da Petrobras (PETR4). Nenhum site apresentava fonte confiável.

Soros pode ser mau caráter, mas sei que não gosta de perder dinheiro. Em setembro de 2014, PETR4 valia 24,02 em um surto de alta. A ação abriu 2016 valendo 4,69, queda gigantesca graças ao rombo bilionário deixado na empresa por nossos podres governantes. Contabilidade não tem ideologia.

screenshot-2017-01-10-10-34-44
O gráfico deixa clara a especulação: um investidor sadio que compra ações espera que o preço das mesmas suba de acordo com sua análise.

Meses depois daquela notícia, as grandes autoridades da mídia online mesmas fontes noticiaram que Soros estava vendendo todas as suas ações PETR4, para desmentirem a especulação de meses atrás.

A especulação na mídia pode ser tanto uma previsão mal feita (como 98% de todas as previsões) ou tentativa de manipulação de mercado. Deixe-me pintar um quadro: sabendo que Soros ou qualquer investidor grande irá comprar ou vender certo ativo, muitas sardinhas, ou seja, traders e investidores novos no mercado, tendem a copiar o movimento dos peixes grandes. Dependendo o volume de negociações, o preço do ativo pode puxar para um lado ou para o outro.

Você sabe o que é um negócio? Pode parecer simples, mas seu verdadeiro propósito é desconhecido por muita gente. Saiba aqui.

A técnica de Graham

Sem perder tempo, Graham nos diz para comprar ações que valham 2/3 do valor contábil da empresa (recursos próprios, o que está no balanço anual) e vendê-las quando alcançarem valor semelhante ao patrimônio líquido. Na brincadeira, você leva lucro de 50%. Essa técnica foi um sucesso durante a Grande Depressão, hoje nos resta a adaptar para o valor das ações atuais.

O que podemos fazer na realidade atual é comprar ações de empresas com valor inferior a 7 vezes o lucro líquido no último ano. PETR4 atendeu essa condição recentemente, mas mesmo assim não a negociaria no longo prazo por enquanto. Uma meta de não mais que quatro anos deve ser planejada e deve-se vender a ação no momento em que atingir essa meta, independentemente do feeling do mercado.

Usando técnicas de Graham, Warren Buffett se tornou o maior investidor do mundo. Verdadeiro self-made man, usou técnicas simples de investimento e um pouco de informação privilegiada de campos de golfe para consolidar seu conglomerado de empresas, Berkshire Hathaway. Mesmo administrando 200 milhões de ações da Coca-Cola, vive uma vida simples em Omaha.

Graham me ensinou a importância de se comprar barato. Comprar barato para vender caro é a regra que seguimos para lucrar em qualquer seguimento, entretanto, ao lidar com ações só temos disponível o preço de compra. Não sabemos o preço de venda pois não conhecemos o futuro e isso está totalmente fora de nosso controle. Comprar barato, verdadeiramente, é algo que pode nos dar certa tranquilidade para retornos no investimento.

Como diabos sei quando a ação está barata? 

Uma análise concisa do que quer negociar pode esclarecer certas dúvidas, mas não será uma resposta definitiva. Tudo pode acontecer.

Entretanto, a análise fundamentalista que Graham nos ensina e advoga reduz esse risco. Segundo a própria definição, um investimento é algo de retorno garantido – o resto é especulação. Tal análise consiste em estudar a fundo a empresa na qual quer investir, o que chamam de go through the books (ver os números da companhia). Além disso, deve considerar um prazo para seu investimento.

Buffett investiu agressivamente na Coca-Cola porque enxergou o futuro após grandes análises: vendas maiores, marketing eficaz e seguindo suas métricas, desenvolvimento de produtos que vendem e aquisições de marcas poderosas. Isso é um investimento de longo prazo.

Iniciando seus investimentos

Graham nos dá uma fórmula para iniciarmos nossos investimentos. Isso depende do montante que está disposto a investir (e quanto está disposto a perder, caso algo dê errado), mas, para iniciar, um investimento mais conservador é recomendado:

  • 75% do capital em investimentos de renda fixa (Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA…)
  • 25% do capital em renda variável (ações de empresas saudáveis)

Com a progressão do seu capital e gosto por risco, você pode passar a investir em ações mais agressivamente.

 

 

Advertisements

One thought on “O curioso caso de Benjamin Graham

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s